Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / 1ª VOTAÇÃO - Vereadores aprovam PLs de reposição e reajuste salarial aos servidores públicos municipais

1ª VOTAÇÃO - Vereadores aprovam PLs de reposição e reajuste salarial aos servidores públicos municipais

por irt — publicado 22/06/2016 14h06, última modificação 05/10/2018 15h46
1ª VOTAÇÃO - Vereadores aprovam PLs de reposição e reajuste salarial aos servidores públicos municipais

Vereadores destacaram conquistas e cobraram mais ações do executivo para algumas áreas

    Na Sessão Ordinária do dia 20 de junho, sete Projetos do Executivo e Legislativo foram apreciados e votados na Ordem do Dia.

    Em segunda votação foram aprovados por unanimidade os PLs do Legislativo nº 008/2016, que denomina a Unidade Básica de Saúde, localizada na Localidade de Pirapó, de UBS Rodolfo Ernesto Neumann; nº 009/2016, declara de Utilidade Pública no Município de Irati a Associação Educacional e Assistencial Bethânia e o nº 010/2016, que denomina a Rua “05”, do Loteamento Residencial “Cartom”, na Vila São João, de Rua Ivan Kuroski de Oliveira.

    Já em primeira votação foram aprovados os projetos de leis do Executivo nº 077/2016 (Substitutivo), que concede reposição salarial aos servidores públicos municipais de forma linear; nº 078/2016 (Substitutivo), reajusta o piso salarial mínimo dos servidores públicos municipais estatutários; nº 079/2016, autoriza o Executivo a abrir Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 57.000,00 e o nº 080/2016, que autoriza o Executivo a abrir Crédito Adicional Suplementar na importância de até R$ 240.00,00.

PALAVRA-LIVRE

     O Vereador Antonio Celso de Souza agradeceu a vinda do Deputado Federal, Evandro Rogério Roman, que entregou na sexta-feira (17), um tomógrafo para a Santa Casa de Irati, que custou R$ 800 mil, valor viabilizado através de emenda, o qual já está instalado nas dependências do hospital. O vereador também enfatizou a emenda de 400 mil para equipamentos hospitalares. “Ao longo destes últimos quatro anos conseguimos muitos recursos para a Santa Casa, que somando passam de R$ 2 milhões”. Antonio Celso afirmou ainda que o Deputado se comprometeu a trazer cerca de R$ 1 milhão por ano para Irati. Sobre o que o prefeito citou na rádio de que a Câmara não aprova projetos, Souza afirmou que desde 2012, as emendas articuladas pelo grupo do PSD para Irati, já ultrapassam a casa dos R$ 7 milhões. “Tivemos obras importantes concretizadas com estes recursos como, por exemplo, na Rua Daniel Moreira, Avenida Getúlio Vargas, Rua Caetano Zarpellon, ruas do bairro Camacuã, Centro Cultural do Guamirim, Centro Odontológico, compra de equipamentos para os postos de saúde do município, entre outras tantas obras já concretizadas”, ressaltou Antonio Celso destacando ainda a emenda no valor de R$ 1 milhão também do deputado Roman, que vem para solucionar os problemas das enchentes em Irati. “Verba que poderia ser investida em recapes, mas nós não poderíamos deixar de atender o coração de Irati”, concluiu.   

       Emiliano Gomes cobrou do Executivo mais honradez no diz respeito ao Concurso Público realizado no último final de semana para provimento de vagas ao cargo de agentes de estacionamento. “Segundo informações dos próprios inscritos, no Edital nº 01/2016 foram especificadas 20 vagas, porém, a Prefeitura Municipal divulgou, através da mídia, 30 vagas, causando decepção nos inscritos, que ludibriados solicitaram, inclusive, o cancelamento do Concurso”. Assim sendo, citou o Art. 37 da Constituição Federal sobre Administração Pública Direta ou Indireta de qualquer dos poderes da União, Estados, Distrito Federal e dos Municípios, que devem obedecer os princípios de legalidade, moralidade, impessoalidade, publicidade e eficiência. Baseado no artigo pediu encarecidamente ao prefeito, que atenda as reivindicações dos inscritos e que honre com suas palavras e obrigações. Da mesma forma, ao citar o Art. 37 da Constituição, destacou a luta da Associação Universitária Iratiense, que desde 2013, quando foi instituída, vem requerendo auxílio para o transporte universitário. “Precisamos que, no mínimo, a administração estabeleça um canal de diálogo com estes estudantes, que há anos esperam por auxílio do poder público que foi, inclusive, uma promessa de campanha do atual Prefeito, mas, infelizmente, mais uma não cumprida. Os universitários gastam em média R$ 450 ao mês, seria interessante o subsídio de pelo menos 50%. Já abordei este tema diversas vezes na Casa, mas até agora, não fomos atendidos, o prefeito ainda não teve a sensibilidade de sentar e dialogar com esta grande parcela de estudantes iratienses”.

     Alceu Hreciuk comentou sobre a sua ausência na sessão do dia 13, o qual esteve em Curitiba, acompanhando o lançamento do Filme “A Grande Nuvem Cinza”. “Há três anos fui procurado pelo Jornalista e Cineasta Marcelo Munhoz, que veio até nossa região verificar uma denúncia sobre a cultura do tabaco, o qual acabou se interessando pela realidade local e acabou produzindo um filme relacionado à produção do tabaco em Irati e região, através de patrocínio junto a Fundação Copel. O lançamento oficial, coincidentemente, ocorreu na segunda-feira no Shopping Crystal”, destacou Hreciuk bastante emocionado com o filme, que retrata a realidade da região Centro Sul, inclusive com a participação de famílias iratienses. “Solicitei ao Marcelo que venha fazer uma apresentação em Irati, para que todos possam acompanhar esse belo trabalho”. Alceu citou também a nota recebida pelo Ministério Público referente ao Portal de Transparência. “Irati obteve a nota 9,8 no geral. A pesquisa foi feita pelo MP em 5567 municípios e Irati se destacou uma grande satisfação para a administração”.

(Assessoria Câmara Municipal de Irati)

 

 

 

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI