Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Moção de Aplausos - Câmara homenageia o Grupo Gaitaço e os CTGs do município

Moção de Aplausos - Câmara homenageia o Grupo Gaitaço e os CTGs do município

por rafamaier — publicado 20/09/2017 13h55, última modificação 05/10/2018 15h51
“Uma noite de reconhecimento ao profissionalismo e dedicação do Grupo Gaitaço e do trabalho dos CTGs em prol da preservação da cultura gaúcha, mantendo acesa a chama tradicionalista”, afirmou Roni Surek
Moção de Aplausos - Câmara homenageia o Grupo Gaitaço e os CTGs do município

Tradicionalistas, familiares e apreciadores lotaram a casa durante a homenagem

    20 de setembro, Dia do Gaúcho, o ápice das comemorações da Revolução Farroupilha, que estabeleceu a identidade do povo gaúcho, com suas tradições e ideais de liberdade e igualdade. Em Irati, a data foi comemorada pela Câmara de Vereadores, em Sessão Solene no dia 18, com entrega de Moção de Aplausos ao Grupo Gaitaço e aos oito Centros de Tradição Gaúcha - CTGs que participaram do 29º Rodeio de Irati. Acompanharam a Sessão, o Presidente Helio de Mello, prefeito Jorge Derbli, proponente da honraria, Roni Surek e demais vereadores.

    Conforme o vereador Roni, a homenagem reconhece a dedicação e o profissionalismo do Grupo Gaitaço e o trabalho dos CTGs em prol da preservação e do desenvolvimento da cultura gaúcha, mantendo acesa a chama tradicionalista. Em um momento de civismo, antes do início do evento, os tradicionalistas adentraram ao plenário com a ‘Chama Crioula’ e os pavilhões, sendo que os hinos nacional e de Irati foram executados pelos acordeonistas Alexandre Oconoski e João Lucas Schemberk.

    Representando os tradicionalistas do município, Ico Ruva falou sobre os costumes e valores do povo gaúcho. “No final da década de 70, com apenas 12 anos de idade presenciei a família Floriane, juntamente com meu pai e demais famílias fundarem o primeiro CTG no município. Nesta época não existiam rodeios organizados e muito menos CTGs no Estado. No final de 1975, o Tio Carlos e demais colegas fundaram o MTG do Paraná”, contou Ico relatando que nos primeiros rodeios de Irati, os tradicionalistas de fora vinham e levavam todos os troféus. “Mas, com muita humidade, a nossa 6ª Região se organizou e foi crescendo, hoje, é campeã em encontros estaduais. Somos respeitados no Estado”, comemorou. Segundo Ruva, o gaúcho não é do Rio Grande do Sul, ele é do Brasil, do Uruguai, Paraguai e da Argentina e hoje está também no Japão e nos Estados Unidos. “Parabéns à Casa por valorizar estas pessoas simples que elevam o nome de Irati. Se não tem um bombachudo na cabeça de um município, a coisa não acontece”, agradeceu.

    Em nome dos 30 membros do Grupo Gaitaço, Alfredo Van Der Neut agradeceu a homenagem. “Um dia de festividade, dia de reconhecimento da nossa cultura. O objetivo do grupo é justamente incentivar o respeito e a amizade nas crianças, jovens e adultos. Hoje, o Gaitaço conta com iniciantes e campeões brasileiros, onde todos se aplaudem, aprendem e ensinam”, destacou Van Der Neut contando que a primeira apresentação do Grupo foi numa festa da Igreja da Vila São João a convite do coordenador Celso Specht. “Desde então temos participado ativamente de eventos religiosos e escolares”, salientou Alfredo agradecendo a todos pelo reconhecimento.  

     O proponente da honraria Roni afirmou: “Esta noite ficará cravada na história desta casa de leis, pois pela primeira vez se homenageiam os CTGs de Irati e o Grupo Gaitaço que conta com mais de 30 membros representando a família, amizade, respeito e a tradição”, frisou o vereador contado que em breve será agendada na Câmara uma reunião com a patronagem, “para que possamos documentar todos os CTGs do município, os quais poderão ser declarados de utilidade pública a exemplo do Terra dos Pinheirais, e neste sentido, já fica o pedido ao prefeito, para que possamos destinar subvenção aos centros de tradição”, comemorou Surek parafraseando: “E lá vou eu tirando o meu chapéu para Deus. Feliz do homem que segura na mão de Deus, porque ele nunca cai. É igual a um gurizito que se agarra na bombacha do pai e sempre sabe para onde foi e certamente saberá para que rumo vai”.

    O Presidente Helio de Mello discorreu sobre a linda caminhada dos tradicionalistas através da guerra dos farrapos. “Em Irati, oito CTGs muito bem organizados construídos com muita dedicação, uma história que precisa continuar através do laço, da pilcha, da chula, das apresentações artísticas, do chimarrão, das conversas dos compadres, enfim, esta Casa não poderia deixar de valorizar a nossa cultura e a nossa gente. Este ano, homenageamos cidadãos ilustres, maestros, professora, franciscanos, pastor e agora os tradicionalistas. São as diferenças que nos tornam iguais e nos fazem crescer. Fomos eleitos para representar os anseios da comunidade. Devemos cobrar, criticar e aplaudir quando merecem. Parabéns famílias tradicionalistas, nesta querência amada tua gente trabalha destemida”.

    O prefeito Jorge Derbli agradeceu aos CTGs pela cooperação no último rodeio. “O sucesso do 29º Rodeio foi graças a todos vocês. Cada esporte tem um custo e os custos de manter um cavalo, hoje, não são baratos. Mas, o que se faz com amor e gosto, vale a pena. Eu quero ficar marcado na história de Irati como o prefeito que mais apoiou os CTGs”. Jorge disse ainda que recebeu um comunicado do deputado federal Evandro Roman, que já está empenhado o valor de R$ 800 mil para cobertura da pista do parque de rodeios. “O dinheiro está garantido, estamos agora elaborando o projeto, para que o valor seja liberado no próximo ano. Até o final do mandato pretendemos também entregar oito casas, sedes próprias, para cada CTG. Teremos em Irati o melhor parque de rodeios do Sul do Estado do Paraná”, agradeceu o prefeito convidando o Grupo Gaitaço para se apresentar na abertura da Festa do Pêssego que acontece em dezembro.

    Com muita satisfação, os vereadores em pé, publicamente, externaram a homenagem ao Grupo Gaitaço e aos tradicionalistas, mediante aplausos. Ao final do evento, aconteceram ainda apresentações musicais do Grupo Gaitaço, do Grupo Mala e Cuia, declamações, trovas e narração ilusória de rodeio, além de demonstrações de nós em lenços. O evento contou também com exposições de apetrechos confeccionados pelos trançadores Petruchio e Tucano e de facas artesanais produzidas pelo iratiense Edicésar Aliski. Houve também degustação de produtos embutidos Paiol.

(Assessoria Câmara Municipal de Irati)

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI