Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Moção de Aplausos - Legislativo homenageia Músicos Iratienses

Moção de Aplausos - Legislativo homenageia Músicos Iratienses

por irt — publicado 14/07/2015 16h18, última modificação 05/10/2018 15h44
“Esta é uma homenagem aos artistas, em nome da população, por trazerem orgulho e muito bem representarem o nosso município”, destacam os vereadores Hélio e Antonio Celso
Moção de Aplausos - Legislativo homenageia Músicos Iratienses

Vereadores e homenageados

           Na noite do dia 13 julho, após Sessão Ordinária, a Câmara Municipal de Irati homenageou com Moção de Aplausos, em Sessão Solene, os Músicos Iratienses Alexandre Oconoski, Alfredo Pabis Neto, João Lucas Schemberk e Thiago Genipolo Ferreira. Os proponentes, Vereadores Hélio de Mello e Antonio Celso de Souza reconheceram os artistas pelos resultados obtidos nas competições, levando o nome do município em nível nacional e também como incentivo para que o trabalho continue, servindo de exemplo para outros iratienses.

            Representando o Executivo, o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Estanislau Fillus parabenizou os jovens pelos excelentes resultados. Já os proponentes da homenagem, Hélio de Mello e Antonio Celso de Souza, cumprimentaram os artistas, deixando registrada a gratidão por estarem elevando o nome de Irati com muito orgulho, dedicação e amor a tradição. Os vereadores agradeceram também aos familiares, amigos dos músicos e ao CTG Terra dos Pinheirais. “Vocês jovens artistas são referência para a arte e a cultura do nosso município”, destacaram os vereadores fazendo alusão às comemorações do aniversário de Irati.

HOMENAGEADOS

         Antes de diplomar os jovens iratienses, os vereadores fizeram uma breve explanação sobre o desempenho dos artistas.

        João Lucas Schemberk, 11 anos, espelhando-se no seu pai, iniciou sua carreira com a gaita aos quatro anos de idade, sendo que aos seis anos já frequentava aulas com  o professor Alexandre Oconoski, onde aperfeiçoou-se nas técnicas de execução. Desde então, passou a participar de rodeios e festivais obtendo, na maioria das vezes, a primeira colocação. Ao todo são 13 troféus conquistados, com destaque para a classificação no FEPART (Festival Paranaense de Arte e Tradição) e posterior classificação no FENART (Festival Nacional de Arte e Tradição), ficando em primeiro lugar na categoria Gaita Piano Mirim, com a música O Gavião de Edson Dutra.

         Alfredo Pabis Neto, 17 anos, influenciado pelo avô Alfredo Pabis (in memoriam) e seu tio João Claudio, desde pequeno tocava nas festas da família acordeon. Ganhou sua primeira gaita de brinquedo aos quatro anos de idade, o estopim para que a música entrasse definitivamente em sua vida. Em 2013, Neto começou a competir em festivais e rodeios artísticos, levando o nome de Irati pelos Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Desde então, passou a colecionar prêmios, com destaque para o último obtido no 27º Rodeio Crioulo de Integração de Irati, onde foi campeão na categoria Gaita Piano.

         Thiago Genipolo Ferreira, 16 anos, começou a tocar gaita aos 12 anos de idade. Em 2011, começou a fazer aulas, mas a paixão pelo acordeon vem de berço, pois aos quatro anos de idade ganhou o primeiro instrumento do seu avô, que sempre o incentivou. Em quatro anos se dedicando ao acordeon, Ferreira já conquistou muitos títulos, sendo que em 2013 concorreu nacionalmente no Festival Nacional de Arte e Tradição Gaúcha, alcançando o quinto lugar. Desde então, Thiago com sua gaita de 120 baixos, vem colecionando títulos e elevando o nome de Irati por todo o país.  

        Alexandre Oconoski, 31 anos, começou a estudar o acordeon com 15 anos de idade. Seus estudos intensos iniciaram em 2001, quando conheceu o acordeonista Gerson Antunes. O primeiro contato foi em um rodeio promovido em Irati, onde Gerson estava trabalhando como jurado do concurso de acordeon e danças tradicionais. Desde 2001 até 2014, Oconoski foi campeão mais de 100 vezes, com destaque para o ano de 2014, quando ficou entre os cinco melhores acordeonistas da América do Sul, na categoria adulta, no Rodeio Internacional da Vacaria, no Rio Grande do Sul. Como professor afirma ter orgulho de ter alunos campeões nas mesmas competições.

           Logo após a diplomação, as autoridades, em pé, externaram a homenagem de reconhecimento aos músicos, mediante aplausos. O Presidente Vilson Menon, antes de encerrar, cumprimentou os pais e amigos dos homenageados, que demonstram no olhar o orgulho pelos filhos, que vêm trilhando os caminhos da tradição.

           

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Irati)

   

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI