Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / PL busca incentivar o uso racional da água no município

PL busca incentivar o uso racional da água no município

por irt — publicado 07/05/2015 10h14, última modificação 05/10/2018 15h43
“Precisamos conscientizar cada vez mais a população de que a água é um recurso limitado e não pode ser desperdiçada”, afirma Rafael Felipe Lucas
PL busca incentivar o uso racional da água no município

Precisamos sensibilizar a população, provocando discussão e debate do tema, promovendo, dessa forma, a conscientização da comunidade

         “A água é um dos recursos naturais mais importantes, cuja utilização deve ser feita de maneira a não comprometer a disponibilidade para as gerações futuras”, esse é o objetivo do Projeto de Lei nº 008/2015, aprovado por unanimidade de votos em duas votações. O autor da propositura, vereador Rafael Felipe Lucas afirma que com a lei sancionada, fica instituída a “Semana Municipal de Incentivo ao Uso Racional e Sustentável da Água”, no município, a ser comemorada no dia 22 de março – Dia Mundial da Água.

       Durante a Semana, de acordo com Lucas, serão promovidas palestras, cursos e outras ações educativas acerca da importância do uso racional e sustentável da água, em toda a rede de ensino do município de Irati, com o envolvimento da escola, família e sociedade. “As ações serão implementadas na forma de campanhas institucionais, seminários, palestras, visitas às estações de tratamento e distribuição de água, atividades artísticas e culturais e outras formas julgadas convenientes, objetivando promover a conscientização geral da população sobre a importância da preservação e do uso sustentável da água”, frisa o vereador.

         Segundo Rafael, a água é um elemento essencial, que contribui para a promoção do desenvolvimento e da qualidade de vida, “porém é um recurso finito e vulnerável que deve ser utilizado racionalmente. O uso de fontes alternativas e de estratégias de uso racional de água em edificações é uma forma de amenizar os problemas de disponibilidade de água potável e diminuir a sua demanda”, destaca Lucas citando algumas estratégias, bem como, o aproveitamento de água pluvial, o reuso de águas cinzas e a instalação de componentes economizadores de água.

         “O intuito desta Lei é sensibilizar a população, provocar a discussão e o debate do tema e, ao mesmo tempo, promover a conscientização da comunidade para que esta tenha acesso aos instrumentos inteligentes de uso racional e sustentável da água no município”, conclui o parlamentar.

 

(Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Irati)

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI