Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Notícias / Vereadores aprovam novo reajuste salarial ao funcionalismo público

Vereadores aprovam novo reajuste salarial ao funcionalismo público

por irt — publicado 12/11/2015 13h57, última modificação 05/10/2018 15h45
Vereadores aprovam novo reajuste salarial ao funcionalismo público

Representante do Colégio São Vicente de Paulo durante sua explanação

        Na 12ª Sessão Ordinária do dia 09 de novembro, com a ausência de dois Vereadores, foram lidos no Expediente, três novos Projetos de leis e três Substitutivos relacionados à Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2016, além de sete requerimentos do Legislativo. Na Ordem do Dia, oito projetos de leis foram discutidos, votados e aprovados, acompanhe:

ORDEM DO DIA

         Em segunda votação foram aprovados por unanimidade de votos os Projetos de Leis nº 102/2015, que autoriza o Executivo a abrir crédito adicional especial na importância de até R$ 1.345.000,00; nº 106/2015, concede reposição salarial aos servidores públicos municipais de forma linear; nº 107/2015, reajusta o piso salarial mínimo dos servidores públicos municipais estatutários e o nº 108/2015, que autoriza o Executivo a conceder premiação ao Concurso da “Rainha da Festa do Pêssego 2015” e abrir crédito adicional especial.

          Já o Projeto de Lei nº 101/2015, que autoriza o Executivo a abrir um crédito adicional suplementar na importância de até R$ 8.442.500,00 foi aprovado por sete votos favoráveis, contra um do Vereador Emiliano Gomes, que destacou o desequilíbrio das contas da atual administração. “Na prestação de contas do segundo quadrimestre, as contas estavam equilibradas, portanto, as distorções seriam pequenas, agora presenciamos uma distorção de R$ 8 milhões, demonstrando mais uma vez o desequilíbrio das contas públicas e a falta de planejamento desta gestão”. Antonio Celso de Souza concordou com o vereador Emiliano sobre a falta de planejamento, mas analisando as dotações, percebeu a inclusão da folha de pagamento e os gastos de pessoal com décimo terceiro e férias. “Se o projeto viesse desmembrado seria mais fácil de trabalhar, mas como veio em um projeto único, se por acaso não aprovarmos este crédito, o executivo não vai conseguir pagar as despesas, principalmente do Departamento de Recursos Humanos, portanto, em nome dos funcionários, meu voto foi favorável”. O Presidente Vilson Menon mais uma vez reafirmou a falta de planejamento da gestão, mas entendeu a necessidade do crédito em favor dos funcionários públicos das referidas secretarias. “Não podemos deixar que os funcionários paguem este preço e para que o projeto tenha prosseguimento e os funcionários do setor não sejam castigados, sou favorável em respeito ao funcionalismo público”.

         Já em primeira votação aprovaram-se os Projetos de Leis nº 110/2015, autoriza o Executivo a abrir um crédito Adicional Especial na importância de até R$ 25.500,00; nº 111/2015, autoriza o Executivo a abrir um Crédito Adicional Especial na importância de até R$ 2.000,00 e o nº 112/2015, que autoriza o Executivo a contratar Concessão de Direito Real de Uso de Bem Municipal com empresa que especifica.

PALAVRA-LIVRE

         Antonio Celso de Souza usou a palavra para agradecer e parabenizar as Fanfarras da Guarda Mirim de Irati e Famurse pelas conquistas em Antonio Olinto. Também citou diversas emendas parlamentares viabilizadas para Irati, em especial a do Deputado Federal Evandro Rogério Roman no valor de R$ 500 mil, que será utilizada para pavimentação de ruas. “Estamos sempre em busca de novas conquistas para o nosso município, cobrando daqueles que angariaram votos em Irati”.

TRIBUNA  

      Em nome do Colégio São Vicente de Paulo, a professora Maria do Carmo Rezende agradeceu publicamente a todos que de alguma forma apoiaram e colaboraram para que as atividades do Colégio não fossem encerradas, em especial aos Vereadores. Pediu também para que a luta continue, estimulando o Estado a firmar parceria com o município, para que ambos adquiram um terreno próprio, e seja construído um grande Colégio que possa abrigar nossos alunos. “Esperamos que este momento de grande aflição vivido por todos não seja esquecido”. O Presidente Vilson Menon agradeceu reafirmando o compromisso da Câmara com a educação. “Vamos continuar lutando pela educação iratiense e pela preservação dos nossos patrimônios, em especial ao Colégio São Vicente, que integra parte da história de Irati”.

             

 

Acompanhe a Sessão Ordinária completa, com o discurso dos parlamentares na íntegra no site www.irati.pr.leg.br através do ícone “Sessões Gravadas”.

 

(Assessoria Câmara Municipal de Irati)

 

 

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.

NAVEGUE AQUI